Slow Life

 

 

Slow Life

Desde criança sempre fui bem agitado. Tinha uma grande dificuldade de ficar sentado sem fazer nada. Talvez se fosse hoje me levariam ao psicólogo com diagnóstico de hiperatividade.

Meus avós pegavam no meu pé, pois não parava para dar atenção a eles. Sempre envolvido com algo e desprezando o precioso tempo que tanto anciavam. Quem sentia mais eram os avós maternos, que viviam em outro Estado e me viam duas vezes ao ano.

Hoje, com meus cinquenta em um anos, percebo a importância de se viver devagar e isso não porque a idade tenha chegado, mas é a jornada espiritual quem tem me alertado quanto a isso.

Em vários países as pessoas abraçaram o movimento “Slow Life”, onde a proposta é comer comer devagar, viajar sem pressa, acordar devagar e criar filhos sem a preocupação com o tempo.

Vivemos em um mundo onde quase tudo ficou simplesmente rápido demais. Velocidade, ruídos, luzes, conexões, superficialidade e insensibilidade.

Tenho dado passos significativos que me leve a viver com leveza e o tem me ajudado nesse caminho é a mudança no ritmo de vida. Novos hábitos e principalmente hábitos que me ajudem na jornada espiritual.

“Por isso, meu senhor, vai à frente do teu servo, e eu sigo atrás, devagar, no passo dos rebanhos e das crianças, até que eu chegue ao meu senhor em Seir“. Gênesis 33:14 (NVI)

Paz e alegria!

Luciano “Manga”
http://www.1toke.wordpress.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: